fbpx

Uma das dúvidas mais comuns sobre moradia é, se mesmo com escritura em mãos, o detentor da posse pode fazer a regularização, sendo a construção em terreno pertencente ao município. O tema voltou à tona esta semana em Itapetinga, onde existem muitos imóveis irregulares.

De acordo com especialistas na área, é muito comum que a pessoa tenha uma escritura, mas nesse documento consta que o terreno é de propriedade da prefeitura. Em Itapetinga essa situação ocorre em quase toda a cidade, principalmente nos bairros Camacã, Centro, São Francisco e Quintas do Morumbi.

“Um imóvel irregular chega a desvalorizar 30%. Além disso, a pessoa não pode pegar financiamento bancário e dar o imóvel em garantia, nem deixar o imóvel regular como herança”, explicam os especialistas.

Observando este quadro, a empresa MS Regularização de Imóveis, que atua com Regularização Fundiária Urbana, sigla para REURB, chega a Itapetinga, com o objetivo de contribuir com a cidade, regularizando áreas e resolvendo a documentação dos imóveis para que os moradores possam finalmente ter sua documentação regular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *